RSS

Picasso e Braque mudaram o rumo das artes com o Cubismo

20 maio

Le Pigeon aux Petits Pois, trabalho de Picasso roubado nesta quinta (20) em Paris (Foto: Reprodução)

Na lista dos 35 quadros vendidos pelas maiores quantias, o pintor espanhol e mestre do Cubismo Pablo Picasso (1881-1973) aparece com nada menos que dez obras.

O trabalho Le Pigeon aux Petits Pois, que, junto com os outros quatro quadros que foram roubados na madrugada desta quinta (20/05/2010), do Museu de Arte Moderna de Paris, alcança a cifra de aproximadamente R$ 1,1 bilhão, não aparece na lista dos mais caros do mundo.

Mas, quando se fala em Picasso, qualquer autógrafo em guardanapo dado pelo artista pode chegar a quantias gigantescas, hoje em dia (há relatos de que até cheques assinados pelo espanhol chegavam a ser vendidos pelos comerciantes que os recebiam, alcançando valores bem maiores que os que estavam na folha).

Por que quadros de nomes como Picasso, Matisse e Modigliani são tão caros atualmente? E como chegaram a esses valores estratosféricos?

O artista plástico e professor de pintura Hildebrando de Castro afirma que “Picasso é muito importante porque quebrou ideias pré-concebidas [ao inovar na maneira de pintar, com a técnica cubista]”, mas duvida que a ação dos ladrões tenha sido um roubo comum.

– Para mim esse roubo é encomendado, porque é dificílimo conseguir vender obras como essas, e com esses valores, no mercado negro. Não duvido que isso seja uma encomenda de algum milionário excêntrico. (…) Na verdade, os quadros alcançam cifras tão altas hoje em dia porque o dinheiro continua concentrado na mão de poucas pessoas.

O Cubismo

Considerado o “pai” do movimento cubista, ao lado do francês Georges Braque (que também teve uma obra roubada na mesma ação dos bandidos), Picasso e seus “seguidores” representavam as formas da natureza por meio de figuras geométricas, colocando todas as partes de um objeto ou de um rosto, por exemplo, no mesmo plano.

A representação do mundo passava então a não ter nenhum compromisso com a aparência real das coisas, e essa foi a mudança mais radical introduzida pelo Cubismo, diferente de tudo o que vinha sendo feito até então [início do século 20]. Tais mudanças radicais, é claro, causaram reações de espanto, revolta e admiração, e mudaram o rumo que as artes tomaram no século passado.

Fonte: R7

 
1 comentário

Publicado por em 20/05/2010 em Artes, Cubismo, Picasso

 

Tags: , ,

Uma resposta para “Picasso e Braque mudaram o rumo das artes com o Cubismo

  1. Margarida

    27/02/2011 at 10:00

    Por favor, eu preciso ter a certeza se a obra de Georges Braque “figure” pertence à era do cubismo.

     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: